sexta-feira

...

O que não se vê no visível
Encontra-se no escuro
Os olhos são abertos
A escuridão desaparece
As formas revelam-se
e volta a ser dia

Sem comentários: